Blog  >   Fraqueza muscular principais causas

fraqueza muscular

Fraqueza muscular quais as principais causas?

A fraqueza muscular, também conhecida como adinamia ou astenia, é comum após a realização de um grande esforço físico. Por exemplo, após correr uma maratona ou realizar exercício no ginásio em excesso, ou após a repetição da mesma tarefa/ação durante muito tempo, entre outros.

A fraqueza muscular tende a localizar-se nas pernas, braços ou peito (ou qualquer outro grupo muscular que esteja a ser solicitado) originando perda de força e fraqueza. Nestes casos, a solução passa pelo descanso para que o músculo recupere.

Contudo, existem outras causas que podem originar fraqueza muscular. Apesar de se tratar de causas simples, por vezes, existem casos mais graves que devem ser avaliados por um médico se a fraqueza persistir por mais do que 3 dias.

 

As principais causas da Fraqueza Muscular são:

 

  1. Falta de exercício físico

Quando não realizamos qualquer exercício (sedentarismo), passamos muito tempo sentados em casa ou no trabalho, os nossos músculos vão perdendo força! Ao não “cultivarmos” os nossos músculos, estes vão perdendo força e o corpo começa a substituir as fibras musculares por gordura.

O que pode fazer?

Mantenha-se ativo(a)! Pratique exercício regularmente.

 

  1. Envelhecimento natural

Com o passar dos anos, as fibras musculares vão perdendo a sua força e tornam-se mais flácidas, inclusive em pessoas que praticam exercício com regularidade. Esta sensação de fraqueza aparece paulatinamente depois dos 30 anos.

O que pode fazer?

Mantenha a prática regular de exercício físico, sempre dentro dos limites do seu corpo. O descanso entre treinos também é fundamental, de forma a recuperar o esforço da atividade física e prevenir lesões.

 

  1. Falta de cálcio, potássio, magnésio e vitamina D

O cálcio, a vitamina D, potássio e magnésio são minerais muito importantes para garantir o funcionamento correto e saudável dos músculos. Quando os níveis destes minerais estão baixos poder-se-á sentir fraqueza muscular, espasmos musculares, falta de memória e irritabilidade.

O que pode fazer?

A carência de vitamina D poderá ser resolvida através da exposição solar regular. Quanto ao cálcio pode ser ingerido através de alguns alimentos. Leite, queijo, iogurte, brócolos. O potássio está presente em alimentos como: abacate, ervilha cozida, cenoura crua. Já o magnésio pode ser encontrar em alimentos como: espinafres, amendoim, amêndoas.

 

  1. Gripe

A fraqueza muscular e o cansaço excessivo são sintomas muito comuns de gripe. Estes sintomas surgem porque o nosso corpo está a tentar combater o vírus, o que leva a que, tenha menos energia disponível para o funcionamento correto dos músculos. Estes também podem ficar inflamados devido ao aumento da temperatura corporal, o que agudiza a sensação de fraqueza.

O que pode fazer?

Se está com sintomas de gripe, tente ficar em casa, para descansar e beba muitos líquidos, principalmente água (essencial também para a correta atividade muscular) . Evite a prática de exercício físico e, se tiver febre e outros sintomas, dirija-se ao médico de imediato.

 

  1. Anemia

Um dos principais sintomas de anemia é o cansaço excessivo. Como o valor de glóbulos vermelhos está muito baixo, há menor transporte de oxigénio para os músculos.

O que deve fazer?

Deve ir ao médico de imediato para obter o diagnóstico e iniciar o tratamento.

 

  1. Depressão e/ou ansiedade

A depressão e/ou ansiedade podem causar alterações físicas acentuadas, especialmente nos níveis de energia e disposição.

Nas pessoas com depressão, é comum que se sintam com pouca energia, consequente sintoma de fraqueza muscular, durante todo o dia. 

Já nas pessoas que sofrem de ansiedade, os níveis de adrenalina estão sempre muito elevados e o corpo vai ficando mais cansado ao longo do tempo, resultando em fraqueza excessiva.

O que deve fazer?

Deve consultar um psicólogo para realizar um diagnóstico.

 

  1. Doenças cardíacas

Algumas doenças do coração, especialmente a insuficiência cardíaca, em que o coração bombeia o sangue de forma inadequada, causando redução do fluxo sanguíneo e refluxo do sangue nas veias e pulmões, também pode ser uma das causas de fraqueza muscular. Como há uma má distribuição do fluxo sanguíneo, existe também diminuição do fluxo sanguíneo muscular levando a um défice de distribuição de oxigénio aos músculos, e consequentemente, estes não conseguem realizar as suas funções correctamente. Atividades que anteriormente eram simples de realizar, como subir escadas por exemplo, tornam-se penosas.

Estes casos são mais comuns após os 50 anos e são acompanhados de outros sintomas como a sensação de falta de ar (dispeneia), inchaço das pernas (edema), palpitações ou tosse frequente, por exemplo.

O que deve fazer?

Deve consultar de imediato um médico de forma a identificar a doença e iniciar o tratamento.

 

Mas não fique assustado(a).

Mantenha-se ativo(a)!

Pratique exercício regularmente, os seus músculos vão adorar!